PENSAMENTO

A vida nem sempre é cor-de-rosa, as nuvens não são feitas de algodão doce e o azul do céu é só uma ilusão causada pela incidência dos raios de sol na atmosfera do nosso planeta.
A vida não possui sentido determinado e não dá certezas. A vida não te coloca em enrascada, você entra nelas. É uma relação nada passiva essa nossa com a vida. Ou, ao menos, a minha com a vida.
Com o passar dos anos, mesmo que poucos anos, as pessoas amadurecem. Uns mais, outros menos. Nós percebemos quem são as pessoas que nos interessam, nossos bons amigos, e aprendemos como lidar com os mais diferentes tipos de gente.
Devemos manter a mente aberta, a cabeça erguida, por que apesar dos pesares, somos mais fortes do que pensamos. E, as vezes, mais até do que queremos. Não sou a única do mundo que se dá o direito de ser vulnerável. Me dou o direito por que ele existe: mesmo que as coisas passem no futuro, estou vivendo o presente.

Quero ser um pouco diferente, valorizar amigos que me valorizam, enfim, priorizar as prioridades.

Julie

O mundo é dos loucos

“Nesta direção”, disse o Gato, girando a pata direita, “mora um Chapeleiro. E nesta direção”, apontando com a pata esquerda, “mora uma Lebre de Março. Visite quem você quiser, são ambos loucos.”

“Mas eu não ando com loucos”, observou Alice.

“Oh, você não tem como evitar”, disse o Gato, “somos todos loucos por aqui. Eu sou louco. Você é louca”.

“Como é que você sabe que sou louca?”, disse Alice.

“Você deve ser”, disse o Gato, “Senão não teria vindo para cá.”

Trecho do livro ‘Alice no País das Maravilhas’

Isso é meio como minha visão de mundo… Ninguém é completamente são.